quinta-feira, 31 de julho de 2014

[TAG] Doenças Literárias



Boa noite pessoal! Como começou a faculdade e, consequentemente, a correria, ainda estou terminando o livro da próxima resenha, juntamente com os livros de contos que também postarei. Então, como não gosto de deixar o blog parado, pensei em responder uma TAG e a escolhida foi Doenças Literárias. Vamos lá!!!


Diabetes - Cite um livro muito doce


 "Diário de Uma Paixão", com certeza, foi o livro mais doce que li. Como não se apaixonar pelo amor eterno dos personagens? Aliás, Nicholas Sparks tem essa característica: ser muito doce. E esse foi um dos motivos de eu ter enjoado um pouco de seus livros. 






Catapora - Cite um livro que já leu e que não pretende reler



"Crepúsculo", absolutamente, nunca mais será lido por mim. Decidi lê-lo logo que foi publicado, quando ainda não era modinha. Enquanto estava lendo, o livro estourou. E comecei a me perguntar: o que será que tem no final desse livro? Porque não era possível que todo mundo estava amando a história que eu estava lendo. Mas... era só o amor pelo brilho do Edward. Arg!



Sinusite - Cite um livro que você vai reler constantemente



Não posso dizer que vou reler "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom" constantemente porque, como já expliquei em outra TAG, eu raramente releio livros. Mas esse livro foi o livro mais engraçado que li na vida! Aliás, a série toda foi. E quando eu estiver pra baixo, vou pegar o livro pra lembrar da Becky, que se tornou minha personagem favorita, e de suas loucuras.





Gripe - Cite um livro que se espalhou feito um vírus


E tem como alguém discordar?! Poderia citar novamente Crepúsculo ou Jogos Vorazes e Cinquenta Tons de Cinza mas, como nunca li estes dois últimos, optei pelo "A Culpa É Das Estrelas". Pra mim, foi simplesmente mais um livro bonitinho e comum, pois não encontrei nele nenhum motivo para virar febre. Acho que muitos jovens que estão iniciando a leitura pegaram o livro e se depararam com o choque da morte na adolescência e talvez isso tenha sido o TCHAM do negócio. 



Asma - Cite um livro que tirou seu fôlego.


Interpretei esse  "tirou seu fôlego" como sendo algo que me fez ficar meio assustada e ansiosa pra terminar o livro e, assim, correr com a história. E assim foi "Cilada". Do começo ao fim, mistério atrás de mistério! Na minha opinião, dos livros que li, esse foi o melhor do autor. 

Caso você interprete o "tirou seu fôlego" como sendo um livro "lindo" (?), na minha opinião seria "O Casamento" do Nicholas Sparks, a continuação de "Diário de Uma Paixão".


Insônia - Cite um livro que tirou seu sono

Meu Deus! Quando li "Viva Para Contar", fiquei muito tempo com medo de dormir rs. O livro é pesado, não é pra qualquer um. Quando comecei a ler, pensei em parar, mas a história é tão boa que não consegui. Sabe aquele livro que, se você conta pra outra pessoa, ela fala: "ai credo, porque você tá lendo isso?". É esse! Mas também foi com esse livro que me apaixonei pela autora e fui correndo comprar o "Sangue Na Neve", que também é bom, mas nada perto de "Viva Para Contar". Esse livro também se encaixa no caso de ter perdido o sono por não conseguir parar de lê-lo ;)



Amnésia - Cite um livro que já leu e não se lembra bem da história




Confesso que isso acontece frequentemente comigo. Leio muitos livros, um atrás do outro, e muitas vezes histórias parecidas, o que faz com que me esqueça facilmente dos livros que li. Antes da era do Skoob e antes de eu passar a anotar os livros que li, já cheguei várias vezes a pegar um livro que já tinha lido e só descobrir isso no meio da história. "Marina" foi um livro que li muito rápido e lembro que gostei da história, mas não me lembro absolutamente nada dela! Nesta mesma resposta, preciso citar "Conte-me Seus Sonhos" do Sidney Sheldon, que sei que foi excelente, mas que não consigo me lembrar da história :(


Má nutrição - Cite um livro que você acha que faltou conteúdo para reflexão

Sophie Kinsella é a autora da série da Becky Bloom, motivo pelo qual me apaixonei por ela e por todos os livros que ela escreveu. Até que encontrei "Quem Vai Dormir Com Quem", que ela escreveu com seu pseudônimo Madeleine Wickham. Esse livro me decepcionou tanto! Falta de conteúdo, historinha água com açúcar, muito sessão da tarde, sabe? Esperava morrer de rir, o que não aconteceu. 

Também poderia citar aqui o livro do post anterior, "O Último Passageiro", mas acredito que o objetivo de uma TAG é falar sobre diferentes livros e, como a resenha dele é muito recente, escolhi outro pra resposta :)


Doenças de Viagem - Cite um livro que te levou para outra época, outro mundo ou outro lugar

Escolhi "Belle" porque ele preenche todos esses requisitos. Essa história me levou pra outra época e outro lugar. Uma sociedade suja! Um mundo de prostituição, de miséria... Uma outra realidade. Esse livro também mudou meu modo de ver várias situações e pessoas... Excelente!

Outros livros nos quais consegui viajar foram os da autora Rosamunde Pilcher. Ela é tão detalhista e descreve tão bem os lugares e até mesmo as sensações que me encontro nele. Quem nunca teve contato com a obra dela, não sabe o que está perdendo.



E é isso! Espero que tenham gostado das dicas! Obrigada!

quarta-feira, 23 de julho de 2014

[RESENHA] O Último Passageiro - Manel Loureiro

"Agosto de 1939. Um enorme transatlântico chamado Valkirie aparece vazio e à deriva no Oceano Atlântico. Um velho navio cargueiro o encontra e decide rebocá-lo até o porto, mas não sem antes descobrir que nele há um bebê de poucos meses... e algo mais que ninguém é capaz de identificar. Por volta de setenta anos depois, um estranho homem de negócios decide restaurar o misterioso transatlântico e repetir, passo a passo, a última viagem do Valkirie. A bordo, presa em uma realidade angustiante, a jornalista Kate Kilroy busca uma boa história para contar. Mas acabará descobrindo que somente sua inteligência e sua capacidade de amar podem evitar que o transatlântico pague novamente um preço sinistro durante o percurso. Inquietante. Enigmático. Viciante. Bem-vindo ao Valkirie. Você não poderá desembarcar…mesmo se quiser."
 
 
 
   
 
 
Edição: 1
Editora: Planeta do Brasil
ISBN: 9788542202601
Ano: 2014
Páginas: 384
 
 
 
 
 
 
 
 
Dando uma olhada nos livros bati o olho no "O Último Passageiro" e adorei a capa. Pensei: "cara de suspense!". Fui ler a sinopse e acabei me interessando muito! Adoro suspenses e, como não tinha lido nada do autor antes, acabei escolhendo o livro para próxima leitura. Tinha acabado de sair de vários livros e autores novos para mim e decidi entrar novamente na minha zona de conforto: os suspenses básicos, puro entretenimento. 
Acontece que QUALQUER livro, por mais bobo que for, tem que acrescer algo na minha vida. Entretenimento? Ok. Mas além de entretenimento tem que ter, pelo menos, uma passagem, uma frase, um pensamento... qualquer coisa que me faça pensar. Esse livro, com certeza, foi a escolha errada. Um livro que não acrescentou em NADA na minha vida! Não encontrei NENHUMA frase ou passagem que me fizesse parar pra pensar em algo além... e, depois de algum tempo, passei a empurrá-lo com a barriga. Queria chegar ao final porque não conseguia acreditar que até a última palavra este livro não fosse ter algo que eu pudesse marcar. Mas não teve, infelizmente. 
Poxa, fiquei tão decepcionada! A capa é tão chamativa e a sinopse tão interessante! O história começa no ano de 1939 quando um navio, "Pass of Balaster", encontra um outro navio de cruzeiro nazista, o "Valkirie", sem nenhum passageiro (somente um bebê judeu). O que um bebê judeu fazia em um cruzeiro nazista? *mistério número 1* Como o navio chegou até o meio do oceano, sem ninguém à bordo? Os botes estavam todos no navio, ou seja, ninguém saiu dali por eles... *mistério número 2*. A narrativa vai para a atualidade e uma jornalista, Kate, tem que investigar a história desse misterioso navio alemão. Porém, quando está no meio de uma busca de provas, sofre uma tentativa de assassinato. Porquê? O que ela não pode saber, afinal de contas? *mistério número 3*.

Até onde posso contar, é isso. Vários mistérios, vários pontos dados no início do livro que tem que ser arrematados até o final da história. Porém, tem uma coisa que preciso informar aos leitores do livro. Eu gosto de saber sobre o que eu vou ler. Se a história é ficção, se é realismo fantástico, se é fantasia... enfim. E nesse livro não tinha nenhuma irformação sobre do que ele se tratava. Então vou contar pra vocês. Quem não quiser ler... pula essa parte rs.

*** SPOILER ***

Lendo a sinopse do livro, tive certeza que se tratava de um suspense comum. O que quero dizer com isso? Um suspense tipo Harlan Coben, Lisa Gardiner, etc... Enfim, que as coisas que acontecessem no livro fossem reais. Que os passageiros tivessem sumido porque algum navio passou lá e raptou todos que estavam à bordo ou que eles estivessem em cativeiro em algum andar escondido no navio... Não sei!!! Queria ser surpreendida por algo REAL! Então preciso contar que o gênero desse livro é a literatura fantástica e seu sub-gênero é a fantasia. Mais pura fantasia. Se você é como eu que gosta de encontrar um serial killer, um psicopata ou uma gangue de psicopatas no meio de uma história de suspense, passe longe desse livro!

*** FIM DO SPOILER ***

Não li nenhuma outra resenha desse livro, não sei se o pessoal tá curtindo ou não. Simplesmente, não é o meu tipo. Sei que tem gente que vai querer me matar, mas opinião é isso. Talvez, se eu soubesse sobre O QUE ESTAVA LENDO assim que comecei, não me decepcionasse tanto. Mas como isso não aconteceu, infelizmente acho que minha decepção me atrapalhou um pouco nessa leitura. Apesar de tudo, o livro ganhou duas estrelinhas porque a escrita é boa, a ideia (pra quem gosta do gênero) também... mas o enredo e o final (PRINCIPALMENTE O FINAL ¬¬) deixaram muito a desejar, NA MINHA OPINIÃO!!!

✩✩ - Regular

segunda-feira, 21 de julho de 2014

[BOOK HAUL] Julho de 2014

Tenho tanta coisa pra colocar no BOOK HAUL que nem sei por onde começar. Tenho uma lista enorme de livros pra comprar na Bienal deste ano, mas todas as vezes que estou nos sites de e-books e vejo algo legal, acabo comprando. Então, vamos lá:

ELE ESTÁ DE VOLTA - TIMUR VERMES

"Berlim, 2011. Adolf Hitler acorda num terreno baldio. Vivo. As coisas mudaram: não há mais Eva Braun, nem partido nazista, nem guerra. Hitler mal pode identificar sua amada pátria, infestada de imigrantes e governada por uma mulher. As pessoas, claro, o reconhecem — como um imitador talentoso que se recusa a sair do personagem. Até que o impensável acontece: o discurso de Hitler torna-se um viral, um campeão de audiência no YouTube, ele ganha o próprio programa de televisão e todos querem ouvi-lo. Tudo isso enquanto tenta convencer as pessoas de que sim, ele é realmente quem diz ser, e, sim, ele quer mesmo dizer o que está dizendo. Ele está de volta é uma sátira mordaz sobre a sociedade contemporânea governada pela mídia. Uma história bizarramente inteligente, bizarramente engraçada e bizarramente plausível contada pela perspectiva de um personagem repulsivo, carismático e até mesmo ridículo, mas indiscutivelmente marcante."


DESAPARECIDAS - TESS GERRITSEN

 
"Considerada o grande nome do thriller médico, a verdadeira herdeira de Robin Cook, Tess Gerritsen nos traz este novo e assustador sucesso. Aquela mulher parecia ser mais um corpo na mesa fria do necrotério. Mas quando a legista Maura Isles inspeciona o cadáver, algo assustador acontece: a mulher abre os olhos. Ainda viva, ela é levada rapidamente para o hospital. Mas o bizarro logo se transforma em perigo. Com uma precisão chocante, ela mata um segurança e faz reféns... um deles, uma paciente grávida. Quem é essa pessoa violenta e desesperada, e o que ela quer?"






 NA PRÓPRIA CARNE - GILLIAN FLYNN

 
"Crítica de TV da Entertainment Weekly, Gillian Flynn surpreende em sua estréia na literatura, no título Na própria carne, um romance policial com nuanças psicológicas recebido com entusiasmo pelo público e pela crítica dos EUA que prende o leitor do início ao fim. Na trama, a jornalista Camille Preaker é designada para cobrir o assassinato de duas pré-adolescentes na pequena cidade onde cresceu, e acaba reencontrando, após anos distante, a mãe neurótica e a meia-irmã que mal conhece. As poucas pistas da polícia a empurram para uma investigação paralela sobre a ação do suposto serial killer, que avança sobre os mistérios de Wind Gap, revelando segredos terríveis sobre a cidade, sua família e sobre sua vida."




LUGARES ESCUROS - GILLIAN FLYNN

 "Libby tinha sete anos quando a mãe e as duas irmãs foram assassinadas no Sacrifício a Satanás de Kinnakee, no Kansas. Enquanto a família jazia agonizante, Libby fugiu da pequena casa onde viviam e mergulhou na neve gelada de janeiro. Perdeu alguns dedos das mãos e dos pés, mas sobreviveu e ficou célebre por testemunhar contra Ben, o irmão de quinze anos, que acusou de ser o assassino. Passados vinte cinco anos, Ben encontra-se na prisão e Libby vive com o pouco dinheiro de um fundo criado por pessoas caridosas que há muito se esqueceram dela. O Kill Club é uma macabra sociedade secreta obcecada por crimes extraordinários. Quando localizam Libby e lhe tentam sacar os pormenores do crime (provas que esperam vir a libertar Ben), Libby engendra um plano para lucrar com a sua história trágica. Por uma determinada maquia, estabelecerá contacto com os intervenientes daquela noite e contará as suas descobertas ao clube... e talvez venha a admitir que afinal o seu testemunho não era assim tão sólido. À medida que a busca de Libby a leva de clubes de striptease manhosos no Missouri a vilas turísticas de Oklahoma agora abandonadas, a narrativa vai voltando atrás, à noite de 2 de janeiro de 1985. Os acontecimentos desse dia são recontados através da família de Libby, incluindo Ben, um miúdo solitário cuja raiva contra o pai indolente e pela quinta a cair aos pedaços o leva a uma amizade inquietante com a rapariga acabada de chegar à vila. Peça a peça, a verdade inimaginável começa a vir ao de cima, e Libby dá por si no ponto onde começara: a fugir de um assassino."

➣ Gillian Flynn é a autora de "GAROTA EXEMPLAR" e, como o livro é viciante, boto muita fé nesses dois! <3

FIQUE ONDE ESTÁ E ENTÃO CORRA - JOHN BOYNE


"Em meio às tragédias da Primeira Guerra Mundial, o amor é a única arma de um garoto para curar seu pai. Alfie Summerfield nunca se esqueceu de seu aniversário de cinco anos. Quase nenhum amigo dele pôde ir à festa, e os adultos pareciam preocupados — enquanto alguns tentavam se convencer de que tudo estaria resolvido antes do Natal, sua avó não parava de repetir que eles estavam todos perdidos. Alfie ainda não entendia direito o que estava acontecendo, mas a Primeira Guerra Mundial tinha acabado de começar. Seu pai logo se alistou para o combate, e depois de quatro longos anos Alfie já não recebia mais notícias de seu paradeiro. Até que um dia o garoto descobre uma pista indicando que talvez o pai estivesse mais perto do que ele imaginava. Determinado, Alfie mobilizará todas suas forças para trazê-lo de volta para casa. “Assim como em O menino do pijama listrado, Boyne conduz os leitores pelas agonias da guerra através do olhar de uma criança.”

 ➣ Seria uma nova versão de "O Menino Do Pijama Listrado"? Curiosa!!!


NÃO VOLTARÁS - HANS KOPPEL



 "Mike Zetterberg vive com a esposa Ylva e a filha do casal numa pequena cidade praiana na Suécia. Uma noite, Ylva não volta para casa depois do trabalho. Mike acredita que ela só foi tomar um drinque com as amigas, mas, quando ela não aparece na manhã seguinte, ele começa a se preocupar. Enquanto Mike lida com as suspeitas da polícia e com o próprio desespero, ele nem desconfia de que sua esposa está viva e a apenas alguns passos de casa, presa num porão do outro lado da rua, atraída para uma trama horripilante de punição e vingança. Uma câmera de vigilância lhe permite ver sua família pela tela da TV. Eles não podem vê-la — e certamente não podem escutar seus gritos desesperados de socorro." 




A GAROTA DE PAPEL - GILLAUME MUSSO

 "A garota de papel conta a história de Tom Boyd, o escritor do momento. Os dois primeiros volumes de sua Trilogia dos anjos já venderam milhões de exemplares e colecionam fãs no mundo inteiro. Mas, ao perder seu grande amor, Tom cai em uma profunda crise criativa e se sente incapaz de escrever uma única linha do esperado último livro da trilogia, recorrendo à bebida e às drogas para aliviar sua dor. Certa noite, uma misteriosa mulher aparece em sua casa e afirma ser Billie, personagem de seus romances, caída da página do livro para o mundo real por causa de um erro de impressão no segundo volume da trilogia. Se Tom não voltar a escrever, ela morrerá. Juntos, eles saem em uma fabulosa jornada ao longo das costas californiana e mexicana para tentar recuperar o amor perdido de Tom e, assim, sua inspiração. O que ele nem desconfia, porém, é que o destino é caprichoso e talvez as coisas não sejam como ele imagina."



Além desses livros, consegui gratuitamente alguns livros de contos, mas depois que lê-los farei um post exclusivamente para eles. Desses livros, ainda não li nenhum, mas já ouvi muitas indicações de todos eles... E é isso! Conforme for lendo, vou postando as resenhas aqui! Beijos!

quarta-feira, 16 de julho de 2014

[RESENHA] Fim - Fernanda Torres

"O público brasileiro acostumou-se a ver Fernanda Torres no cinema, no teatro ou na televisão .Com 'Fim', seu primeiro romance, ela consolida sua transição para o universo das letras. O livro focaliza a história de um grupo de cinco amigos cariocas. Eles rememoram as passagens marcantes de suas vidas - festas, casamentos, separações, manias, inibições, arrependimentos. Álvaro vive sozinho, passa o tempo de médico em médico e não suporta a ex-mulher. Sílvio é um junkie que não larga os excessos de droga e sexo nem na velhice. Ribeiro é um rato de praia atlético que ganhou sobrevida sexual com o Viagra. Neto é o careta da turma, marido fiel até os últimos dias. E Ciro, o Don Juan invejado por todos - mas o primeiro a morrer, abatido por um câncer. São figuras muito diferentes, mas que partilham não apenas o fato de estar no extremo da vida, como também a limitação de horizontes. Sucesso na carreira, realização pessoal e serenidade estão fora de questão - ninguém parece ser capaz de colher, no fim das contas, mais do que um inventário de frustrações. Ao redor deles pairam mulheres neuróticas, amargas, sedutoras, desencanadas, descartadas, conformadas. Paira também um padre em crise com a própria vocação e um séquito de tipos cariocas. Há graça, sexo, sol e praia nas páginas de 'Fim'. Mas elas também são cheias de resignação e cobertas por uma tinta de melancolia."





 
 Edição: 1
Editora: Companhia das Letras
ISBN: 9788535923599
Ano: 2013
Páginas: 208






Sem dúvida um livro sobre a vida. Cinco amigos, uma mesma história, contada de vários pontos de vistas diferentes. O FIM de cada um deles. Sempre em seus últimos momentos, Álvaro, Ribeiro, Sílvio, Neto e Ciro encaram sua vida, suas glórias, conquistas e até mesmo os piores pesadelos. Porque é sempre assim, né? Quando achamos que algo está terminando, passamos a pensar sobre ele. O que não tinha valor, passa a ter. E é isso o que acontece com a vida de cada um desses senhores. 
Os capítulos trazem também o pensamento em primeira pessoa da vítima em seus últimos minutos e, assim, ficamos sabendo o que eles pensaram antes de partir dessa pra melhor.

Aí você deve pensar: "Poxa, uma mesma história contada várias vezes? Que coisa chata e cansativa!".
Não! Os fatos são os mesmos, mas são contadas de um modo diferente para cada personagem, uma vez que cada um coloca em sua versão seus pensamentos, sentimentos, razões, etc. Sabe o ditado: "quem conta um conto aumenta um ponto"? Nunca ficamos sabendo da verdadeira história quando essa é passada boca a boca. E é isso o que encanta na narrativa de Fernanda Torres, as várias perspectivas, os vários ângulos de um mesmo fato. Mesmo grupo de amigos, diversidade de rotina, hábitos e filosofia de vida.

Se eu não soubesse que o livro foi escrito pela Fernanda, com certeza absoluta acharia que se tratava de um autor, MASCULINO. Aquela coisa de "livrinho com linguaguem para garotas", isso NÃO acontece aqui! Palavrões, putaria, drogas. É, drogas, sexo e rock'n roll, é isso aí. 

Por algum motivo, FIM me tocou. Talvez por saber a história de vida de cada um dos personagens por quem me apeguei e ter a consciência de que seu fim está próximo... Não sei, mas me fez pensar na vida. Filosofar. Pensar nas consequências de determinadas atitudes, de determinadas escolhas. Perceber que o fim não está tão longe e que a vida é curta... "Fim" é, na minha opinião, muito mais útil que muitos clássicos por aí, como por exemplo, Mrs. Dalloway: contar o dia e a reflexão de uma tal senhora da alta sociedade? Aqui temos muito mais que isso! Muito bom! 

✩✩✩✩✩ - Ótimo





segunda-feira, 14 de julho de 2014

[OUTROS] TROCA DE LIVROS



Boa tarde! Hoje vim aqui pra propor algumas trocas com os leitores do blog. São 15 livros disponibilizados para trocas e todos em PERFEITO estado. Lidos apenas uma vez e muito bem guardados na minha estante (que não bate sol)!

Os exemplares são esses:





As Violetas de Março - Sarah Jio 
O Céu Está Em Todo Lugar - Jandy Nelson 
A Filha da Minha Mãe e Eu - Maria Fernanda Guerreiro 
Pão-de-mel - Rachel Cohn 
Férias - Marian Keyes 
A Estrela Mais Brilhante do Céu - Marian Keyes 
Julieta Imortal - Stacey Jay 
O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson 
Charlotte Street - Danny Wallace
É Melhor Não Saber - Chevy Stevens 
Segredos Revelados - Fern Michaels 
Uma Questão de Confiança - Louise Millar
Tudo O Que Ela Sempre Quis - Barbara Freethy 
As Esganadas - Jô Soares A Farsa - Christopher Rich


Alguns deles já tem resenha no blog! Se estiver interessado na troca, entre em contato comigo na minha página do facebook! Obrigada!


domingo, 13 de julho de 2014

[FILME] O Segredo Dos Seus Olhos

"Benjamin Esposito (Ricardo Darín) se aposentou recentemente do cargo de oficial de justiça de um tribunal penal. Com bastante tempo livre, ele agora se dedica a escrever um livro. Benjamin usa sua experiência para contar uma história trágica, a qual foi testemunha em 1974. Na época o Departamento de Justiça onde trabalhava foi designado para investigar o estupro e consequente assassinato de uma bela jovem. É desta forma que Benjamin conhece Ricardo Morales (Pablo Rago), marido da falecida, a quem promete ajudar a encontrar o culpado. Para tanto ele conta com a ajuda de Pablo Sandoval (Guillermo Francella), seu grande amigo, e com Irene Menéndez Hastings (Soledad Villamil), sua chefe imediata, por quem nutre uma paixão secreta."



Gente, que filme bom!
São duas horas que passam tão rápido!
O Segredo dos Seus Olhos é um filme argentino, que ficou 18 semanas em primeiro lugar como melhor filme na Argentina. Um suspense que nos pega aos poucos. O filme se inicia com Esposito tentando, sem sucesso, escrever um romance. Sem mais ideias, decide escrever sobre um caso em que cuidou quando era oficial de justiça, de estupro seguido de morte. Quando ele começa a escrever, o filme volta no tempo para mostrar o que ocorreu realmente e, consequentemente, o que ele está escrevendo. Passamos a nos apegar aos personagens e torcemos pelo romance dele com sua chefe, Irene.  Esposito acaba prometendo ao esposo da falecida que vai encontrar o culpado pelo crime e o informa também que a pena para tal delito é prisão perpétua, o que deixa o viúvo contente pois, segundo ele, pena de morte é uma pena muito rápida pra alguém que fez a outra pessoa sofrer tanto. Acontece que as coisas não acontecem como ele havia previsto, o que mostra que a justiça é SIM falha! No fim, ficamos sabendo do sucesso de Esposito como autor e, através de seu livro, do caso completo do crime.
Também contém alguns momentos de comédia, o que tira um pouco a tensão do filme. Não é um filme engraçado, veja bem! Mas contém algumas piadinhas e ironia em alguns momentos. 

Muito bem dirigido e contando com um ótimo elenco, o filme me surpreendeu muito! Confesso que não esperava muito de um filme argentino (ARGENTINA, né :s) mas é realmente muito bom!

Suspense com romance, mas não sanguinário ou aqueles suspenses que dão medo! Trailer:



Espero que gostem e se divirtam!!! :D

sábado, 12 de julho de 2014

[RESENHA] Clube da Luta - Chuck Palahniuk

"Considerado um clássico moderno desde sua publicação em 1996, o livro Clube da Luta consagrou Chuck Palahniuk como um dos mais importantes e criativos autores contemporâneos, além do próprio livro como um cânone da cultura pop. O livro que estava esgotado há anos volta às livrarias nessa caprichada edição. O clube da luta é idealizado por Tyler Durden, que acha que encontrou uma maneira de viver fora dos limites da sociedade e das regras sem sentido. Mas o que está por vir de sua mente pode piorar muito daqui para frente. O livro foi filmado em 1999, Por David Fincher (Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, A Rede Social), que possui duas nomeações ao Oscar, que conseguiu adaptar toda atmosfera do livro, o mundo caótico do personagem e o humor negro de Palahniuk em uma trama recebida com inúmeros elogios pela crítica e pelo público que conta com os atores Brad Pitt, Edward Norton e Helena Bonham Carter."




 
 
 Edição: 6
Editora: LeYa Brasil
ISBN: 9788580444490
Ano: 2012
Páginas: 272
Tradutor: Cassius Medauar









A história começa contando a vida de um sujeito (Jack) que sofre de insônia, sendo que chega a ficar três semanas sem dormir (WHAT?). Depois de muito procurar ajuda e nada resolver, ele decide frequentar reuniões de pessoas que sofrem com doenças em fase terminal, como o câncer, por exemplo. Segundo ele, frequentar essas reuniões faz com que ele se sinta bem, porque percebe que é saudável e que não tem pelo que sofrer, como todas aquelas pessoas que estão lá e, como consequência disso, acaba conseguindo dormir "como um anjo". Tudo muda quando uma nova garota, Marla, passa a fazer parte dessas reuniões. Jack logo percebe que ela não tem nenhuma doença e isso o atrapalha. Logo também passamos a conhecer Tyler que, diga-se de passagem, um cara muito louco. O personagem de Tyler passa a ser o principal do livro à partir do momento em que ele decide criar o Clube da Luta. 
Pra quem não sabe, a primeira regra do Clube da Luta é NÃO falar sobre o Clube da Luta. A segunda regra do Clube da Luta é NÃO falar sobre o Clube da Luta. Achou loucura?! Pois é!

O Clube da Luta consiste em um lugar onde as pessoas lutam (e quase se matam) e a ideia disso tudo é que você se torna mais forte para enfrentar as coisas da vida à medida que passa a lutar fisicamente. Na mente de Tyler, chegamos em determinado momento de nossas vidas que não seremos mais lembrados por nada. Não fazemos parte de nenhuma Grande Guerra ou algo desse tipo e a única coisa que sabemos fazer é comprar, assistir televisão e sermos escravizados por essa sociedade consumista. 

O problema é que com o passar do tempo o Clube da Luta não era mais suficiente para Tyler, que decide criar outro grupo, onde as pessoas são obrigadas a fazer aquilo que sonham ou morrem! Tem um trecho do livro onde seus seguidores (homens que fazem parte do grupo) estão com Jack no carro e o motorista coloca o carro de frente para um caminhão e pergunta: "O que você precisa fazer? Qual é seu sonho?" e, enquanto ele não responde, o carro está indo em direção do caminhão e vai se chocar e todo mundo vai morrer. Quando ele finalmente responde, o motorista desvia! É chocante!

Outra crítica que percebi contida no livro é que existem tantos clubes da "Luluzinha" espalhados por aí, tantas reuniões de mulheres e nada para os homens. Esse é mais um dos motivos para a criação do Clube da Luta, onde só é permitida a entrada de homens. E na história toda, só existe uma personagem feminina, a Marla. 

O final do livro é o mais surpreendente. É um livro necessário! Apesar de insano, nos ensina muito sobre nossa sociedade e como somos realmente escravos da nossa vida e do nosso cotidiano, quando deveríamos estar seguindo nossos sonhos.

✩✩✩✩✩ - Ótimo

 OBS.: Como a própria sinopse já diz, foi feito um filme do Clube da Luta e, dizem, é muito fiel ao livro. Pelo menos, até agora, não encontrei ninguém que tivesse algo de ruim para dizer sobre ele. Mas também soube que o final da história é um pouco diferente.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

[RESENHA] O Elogio Da Madrasta - Mario Vargas Llosa

"Lucrécia e Dom Rigoberto vivem em contínua felicidade. Ela, uma mulher que acaba de completar 40 anos, nada perdeu de sua elegância e sensualidade; ele, no segundo casamento, descobriu finalmente os prazeres da vida conjugal. Juntos, crêem que nada pode afetar esse idílio, cheio de fantasias e sexo. Alfonso, ou Fonchito, filho de dom Rigoberto, parecia ser o único empecilho; amava demais sua mãe, Eloísa, para aceitar a chegada de uma madrasta. Mas até ele foi conquistado pelos encantos de dona Lucrécia. O amor do menino por sua madrasta, entretanto, vai muito além do que se esperaria de uma criança, criando uma linha tênue entre a paixão e a inocência que mudará o destino de cada um deles. Publicado no final da década de 1980, Elogio da madrasta é uma incursão bem-humorada e sutil de Vargas Llosa, um dos mais importantes escritores de língua espanhola da atualidade, na literatura erótica e, ao mesmo tempo, uma sátira bem-humorada dos mitos e temas que consagraram esse estilo literário ao longo dos séculos."





Edição: 1
Editora: Alfaguara
ISBN: 9788560281732
Ano: 2009
Páginas: 160
Tradutor: Ari Roitman e Paulina Wacht







Ok. Que livro estranho! Mas vamos lá...
Quando Don Rigoberto decide se casar novamente com Lucrécia, o que todos pensam é que Alfonso, filho de Don com outra mulher, será o grande problema deste novo casamento, afinal, que filho gosta de ver sua mãe ser substituída? O que ninguém esperava era que Lucrécia e Fonchito (como ele é chamado por ela) se dariam tão bem. E COMO! O que posso dizer de antemão é que se trata de um livro para maiores de 18 anos, uma vez que as noites de Don Rigoberto e Lucrécia são bem detalhadas. 
Não consegui entender direito a idade que Alfonso tem, pois no início do livro ele é apresentado como um garotinho com cachinhos dourados e cara de anjo e ingênuo, nos dando a entender que ele tem em torno de 10 anos. Mas depois, ele passa a ter relações sexuais (veja só!) com Lucrécia e... Enfim, não é possível que ele tenha 10 anos, né? Imagino então que tenha 13/14. 

Em alguns capítulos do livro, o autor coloca uma pintura e faz uma "analogia" da mesma, que pareceu-me totalmente sem nexo, como se ele fugisse da história principal para viajar um pouco. Se alguém que leu entendeu o que isso significa, por favor me explique. 

Quando eu digo que o livro é totalmente detalhado, não é mentira. Você acha necessário ler sobre a "defecação" de Don Rigoberto?! Pois é... Quando eu estava lendo, imaginei que, por algum momento, aquilo era uma brincadeira com o leitor. Porque, meu Deus... Se não acreditam, veja só:

"Don Rigoberto entrecerrou os olhos e fez pressão, suavemente. Não era preciso mais nada: sentiu de imediato a comichão benfeitora no reto e a sensação de que, lá dentro, nos vãos do baixo-ventre, algo submisso se dispunha a partir e já transitava por aquela porta de saída que, para facilitar a passagem, se alargava. O ânus, por sua vez, tinha começado a se dilatar, antecipando, preparando-se para concluir a expulsão do expulso, para depois se fechar e comprimir, com suas mil ruguinhas, como se estivesse caçoando: “Deu o fora, sacana, e nunca mais vai voltar.”  Don Rigoberto sorriu, contente. “Cagar, defecar, excretar, sinônimos de gozar?”, pensou. Sim, por que não. Desde que seja feito devagar e concentrado, degustando a tarefa, sem a menor pressa, prolongando, provocando um estremecimento suave e sustentado nos músculos do intestino."


Mas essa é só uma parte do livro... Calma! haha A história em si gira em torno de Fonchito e sua paixão por Lucrécia. Primeiramente, se apaixona pelos beijos de boa noite. Depois, passa a subir no telhado para vê-la tomando banho e daí por diante vocês vão ficar sabendo quando lerem o livro. 


✩✩ - Regular.
OBS.: Existe um livro que foi escrito por Llosa 10 anos depois da publicação deste, que é a continuação. Se chama "Cartas de Don Rigoberto". Mas, sinceramente, não sei se lerei rs.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

RESENHAS POR ORDEM ALFABÉTICA (de título)

~ A ~

A Bela e a Fera - Clarice Lispector
A Elegância do Ouriço - Muriel Barbery
A Filha da Minha Mãe e Eu - Maria Fernanda Guerreiro
A Filha da Minha Melhor Amiga - Doroty Koomson
A Irmã de Becky Bloom - Sophie Kinsella
A Pílula do Amor - Drica Pinotti
A Redoma de Vidro - Sylvia Plath
A Rosa da Meia Noite - Lucinda Riley
A Sangue Frio - Truman Capote
Ana Karênina - Tolstói
Angústia (Misery) - Stephen king
Anna e o Beijo Francês - Stephenie Perkins
Antes do Baile Verde - Lygia Fagundes Telles
A Menina Que Brincava Com Fogo - Stieg Larsson
As Listas de Casamento de Becky Bloom - Sophie Kinsella
As Quatro Cartas de Camila - Lano Andrado
As Vantagens de Ser Invisível - Stephen Chbosky

~ B ~

Becky Bloom: Delírios de Consumo na 5a Avenida - Sophie Kinsella
Belle - Lesley Pearse 
Belo Desastre - Jamie McGuire
Bonequinha de Luxo - Truman Capote

~ C ~

Cilada - Harlan Coben
Clube da Luta - Chuck Palahniuk
Cruzando o Caminho do Sol - Corban Addison

~ D ~

~ E ~

Ele Está de Volta - Timur Vermes

~ F ~

Feios - Scott Westerfeld
Fim - Fernanda Torres

~ G ~

~ H ~

~ I ~

~ J ~

Just Listen - Sarah Dessen

~ K ~

~ L ~

~ M ~ 

Mentiram Para Mim Sobre O Desarmamento - Flavio Quintela / Bene Barbosa
Mini Becky Bloom - Sophie Kinsella

~ N ~

Nada - Janne Teller
Não Há Silêncio Que Não Termine - Ingrid Betancourt
Ninfeias Negras - Michel Bussi

~ O ~

O Bosque Das Ilusões Perdidas - Alain Fournier
O Céu Está Em Todo Lugar - Jandy Nelson
O Chá de Bebê de Becky Bloom - Sophie Kinsella
O Elogio Da Madrasta - Mario Vargas Llosa
O Herdeiro Da Escuridão - Paul Cleave
O Garoto No Convés - John Boyne
O Menino Do Pijama Listrado - John Boyne
O Morro Dos Ventos Uivantes - Emily Bronte
O Pacto - Jodi Picoult
O Palácio De Inverno - John Boyne
O Segredo de Jasper Jones - Craig Silvey
O Último Passageiro - Manel Loureiro
Orgulho e Preconceito - Jane Austen
Os Delírios de Consumo de Becky Bloom - Sophie Kinsella
Os Catadores de Conchas - Rosamunde Pilcher
Os Homens Que Não Amavam As Mulheres - Stieg Larsson

~ P ~

Persuasão - Jane Austen
Preces e Mentiras - Sherri Wood Emmons

~ Q ~

~ R ~

Roubada - Lesley Pearse

~ S ~

Segredos e Mentiras - Diane Chamberlain
Segredos Revelados - Fern Michaels
Seis Anos Depois - Harlan Coben
Sete Dias Sem Fim - Jonathan Tropper
Sétima Morte - Paul Cleave
Starters - Lissa Price

~ T ~

The Walking Dead: A Ascensão do Governador - Robert Kirkman e Jay Bonansinga

~ U ~

Um Amor de Detetive - Sarah Manson
Uma Longa Queda - Nick Hornby

~ V ~

~ W ~

~ X ~

~ Y ~

~ Z ~